GO UP
original miles

Original Miles - Boutique de Viagem

dicas tulum

Dicas de Tulum, o hotspot do México

Se você quer dicas de Tulum, salve este post! Não é de hoje que adoramos o México, e por conta da pandemia acabamos viajando pra lá muito mais do que imaginávamos, já que é um dos únicos países abertos para brasileiros.

Em Janeiro de 2020, quando o mundo ainda estava “normal”, fiz a minha despedida de solteiro em Tulum, e em Dezembro do mesmo ano, ainda em meio a pandemia, voltei mais uma vez para lá. A outra viagem, em Fevereiro, foi para cidades que ainda não conhecíamos: Punta Mita, Sayulita e San Miguel de Allende. E lá vamos nós para mais uma viagem para o México em Junho!

Sobre Tulum

Tulum sempre foi conhecida por ser um destino “gypsy” e místico, frequentado por uma turma mais eclética. Antes da pandemia, recebia inúmeros festivais de música eletrônica que aconteciam nos cenotes, em espaços abertos e também nos hotéis pé na areia. A programação, principalmente durante o mês de Janeiro, era intensa.

Quem curte yoga e meditação também adora vir pra esses lados, a procura de rituais ligados ao corpo e mente. Assim sendo, muitos hotéis oferecem programas neste sentido, com alimentação saudável e atividades físicas.

Aliás, uma das coisas que amamos em Tulum são os hotéis boutique e as casas que tem para alugar, com estilo rústico e chic. A localização mais disputada é a chamada “zona hotelera”, uma rua com mais de 5km de extensão onde ficam espalhados grande parte dos hotéis, lojinhas, restaurantes e beach clubs.

Diferente da região de Playa del Carmen, onde ficam os grandes resorts – alguns complexos chegam a ter mais de 1000 quartos! – Tulum é mais reservada e charmosa. Mas próximo a Playa também ficam alguns hotéis bem exclusivos, entre eles o Chable Maroma, que ficamos hospedadas em Janeiro de 2020 e amamos.

Tulum continua no topo da lista dos destinos que os brasileiros mais gostam, e por lá, parece que o Covid chegou – mesmo com todas as restrições que a pandemia impôs. Pelo menos quando fomos não era obrigatório usar a máscara no hotel nem pela cidade (nenhum turista usa, só os funcionários), e os restaurantes continuavam super cheios. Assim, se você está a procura de um lugar tranquilo para quarentenar, esqueça Tulum!

Confira nossas dicas de Tulum abaixo

Beach Clubs:

  • Casa Malca – algumas meninas foram passar o dia em Janeiro de 2020, nós só passamos. Entretanto, vale lembrar que a maioria dos beachs clubs cobra um valor por cadeira/guarda-sol
  • Be Tulum – delícia para passar a tarde e almoçar
  • Habitas 
  • Nomade 

Almoço:

  • Posada Margherita – não podíamos deixar de indicar um italiano, né?
  • Be Tulum – comida boa, ambiente gostoso e pé na areia
  • Habitas – novidade por lá, esse não conhecemos pessoalmente, mas nos indicaram
  • The Real Coconut – também não fomos, está na listinha
  • PPP– fiquei hospedada em Dezembro 2020 e amei a comida, tudo super fresh

Jantar:

  • Rosanegra – um dos mais divertidos, com DJ e música alta
  • Casa Banana – delícia de lugar e comida
  • Casa Jaguar 
  • Gitano – um must só pelo ambiente e decoração. Também vale a pena tomar um drink
  • Arca – fui em Dezembro de 2020 e adorei a comida, uma proposta orgânica
  • Azulik – vale pelo lugar, mas não pela comida nem atendimento

Vale a pena ir ver as ruínas maias e os cenotes?

Se você está indo pela primeira vez para Tulum, sim, vale a pena. Mas procure evitar horários de pico pois quanto mais vazio os dois lugares, mais bonitos. São inúmeras as opções de cenotes para visitar, escolha um ou dois, e pronto. Não há necessidade de ficar indo em vários, até porque são muito parecidos.

Quanto tempo recomendamos ficar em Tulum:

No mínimo 4 noites! O ideal, se você puder, é passar uma semana, para assim fazer os programas com calma e curtir essa vibe incrível que só Tulum tem.

Quando ir para Tulum:

A altíssima temporada em Tulum sempre foi durante o mês de Janeiro, quando acontecia a maior parte dos festivais de música. Com a pandemia, tudo mudou, e claro que os festivais não aconteceram – mas temos fé que vão voltar! 

O fato do México ser um dos únicos países abertos para brasileiros fez com que os hotéis lotassem durante todo ano, mas sugerimos evitar os meses de Julho a Outubro, quando podem acontecer furacões e as temperaturas são mais altas (o maior risco de furacão é durante o mês de Setembro).

Outras dicas de Tulum:

Já fui 4 vezes para Tulum, em épocas do ano diferentes, e os programas são sempre os mesmos! A primeira foi em Outubro de 2015, a segunda em Junho de 2017, a terceira em Janeiro 2020 e a última em Dezembro 2020. Todavia, a única coisa que muda é que Janeiro costumava ser o mês dos festivais e era mais cheio.

Basicamente o dia aqui é: curtir a praia, caminhar, sentar em um beach club, almoçar, passear pelas lojinhas e jantar em um dos restaurantes pelo centrinho. Durante o dia é super gostoso fazer tudo de bicicleta, já a noite sugerimos pegar um taxi, lembrando sempre de negociar com o taxista antes de entrar no carro, porque eles são doidos pra fazer os turistas pagarem mais caro.

O que é necessário para entrar no México

Não se esqueça que é obrigatório preencher alguns documentos para entrar no México (além de ter o passaporte com validade mínima de 6 meses e com uma página em branco). Seguem abaixo:

Quer ajuda para programar a sua viagem e ter acesso as melhores dicas de tulum? Conte conosco!

Formada em Relações Públicas e Comunicação de Empresa pela IULM, em Milão e DJ nas horas vagas. Apaixonada por viagem, corrida, música, gastronomia e vinhos. Acredita que o maior aprendizado é a vivência e a experiência, por isso gosta de se aventurar pelo mundo e ajudar clientes e amigos a curtir ao máximo suas viagens.