Home » Um dia em Salvador – O que é que a capital baiana tem?

Um dia em Salvador – O que é que a capital baiana tem?

Brasil | novembro 2018 |
Um dia em Salvador

Do Elevador Lacerda ao pôr-do-sol na Barra, as principais atrações para marinheiros de primeira viagem na terra do axé

Confira o que visitar em um dia em Salvador!

Uma das cidades mais visitadas do Brasil, Salvador foi a primeira capital do Brasil e uma das cidades mais antigas das Américas. Hoje, a quarta cidade mais populosa do país, com 2,9 milhões de habitantes, faz com que o turista fique perdido se tiver pouco tempo por ali. Onde se hospedar em Salvador? Recomendamos que seja no bairro da Barra, por questão de localização, pois a locomoção entre os principais pontos turísticos fica mais fácil. O aeroporto, nesse caso, está a cerca de 50 minutos, e atualmente esta bem tranquilo pedir Uber no aeroporto. O ponto de encontro é no desembarque na pista do meio.

Um bom começo para o tour em Salvador é visitar a Basílica Santuário do Senhor do Bonfim. Construída no século XVII, é famosa pelas fitinhas do Bonfim presas ao redor da igreja. Aproveite para colocar uma no punho, fazendo três nós e três pedidos. Deixe uma segunda fitinha por lá, ajudando a compor o cenário.

Da igreja, siga para o Mercado Modelo, ideal para umas comprinhas, afinal é um dos mais famosos centros de artesanato do Brasil. Ali do lado, você pode embarcar no Elevador Lacerda, inaugurado em 1873, para ligar a cidade baixa a alta, e de lá curtir a Praça Municipal e a vista do local. Um clássico de cartão-postal. Dica: ao lado da entrada/saída do elevador, tem uma sorveteria bem famosa, chama-se A Cubana. Apreciar a vista com um sorvete é muito mais gostoso né?

A próxima parada é na cachaçaria O Cravinho, mas apenas para uma leve degustação. Outro ponto super tradicional da cidade que vive lotada também funciona como restaurante. Pausa para petiscos ou almoço? Chegando no centro histórico, que é bem pertinho do Elevador Lacerda (dá para ir a pé, tranquilamente) a sugestão é um dos restaurantes na praça. Alguns contam com música ao vivo e são bem animados.

Ainda nessa praça principal, é possível visitar uma das igrejas mais famosas de Salvador: a Igreja de São Francisco, uma obra prima do barroco brasileiro, coberta com lâminas de ouro, que chama a atenção por sua riqueza.

Passando por lojinhas e restaurantes (antes sobrados e cortiços que também foram moradia de escravos), siga em direção à ladeira do Pelourinho, onde foi gravado o clipe They Don’t Care About Us, de Michael Jackson, com a participação do Olodum em 1995. Bem nesse centrinho fica a Fundação Casa de Jorge Amado, que reúne historias e obras primas do escritor baiano.

De volta a Barra, a pedida é ver o pôr-do-sol no farol da Barra e logo depois dar uma volta pelo calçadão. Durante a noite, o lugar mais badalado é o bairro do Rio Vermelho, famoso pelos inúmeros barzinhos. Não deixe de tomar uma roska (como eles chamam a caipiroska) e petiscar algo. Que tal um acarajé?

Outra pedida é esquecer os pontos turísticos e passar o dia na praia e ficar apenas curtindo e relaxando sem se preocupar com nada. Nesse caso, indicamos a praia de Stela Maris, mais afastada da Barra e mais perto do aeroporto. O beach club mais famoso é sem duvidas a Barraca do Loro, inaugurado em 2011. O bar/restaurante é muito gostoso e aconchegante para passar o dia. Você pode curtir a praia e depois ir para o Loro, para um almoço e já ir se despedindo de Salvador, caso o voo seja domingo no final da tarde ou a noite.

Se puder passar o fim de semana, vale juntar os dois programas: pontos turísticos e praia.  E veja também nossas dicas de restaurantes em Salvador.

Sorria, você está na Bahia!

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem