GO UP

Terraço Itália: Um drink nas alturas

Na semana passada o super conhecido Terraço Itália lançou sua nova carta de drinks. Que tal um drink nas alturas?

Em 1948, Evaristo Comolatti, desembarcou em Santos, vindo da Itália. Com muita força de vontade e espírito empreendedor abriu várias empresas, mas sempre voltadas ao segmento automotivo.

Em 1965, com 165 metros de altura distribuídos em 46 pavimentos e servido por 19 elevadores, foi inaugurado um dos cartões postais mais famosos de São Paulo, o Edifício Itália.

Ao visitar as obras do Edifício Itália, Evaristo Comolatti, ficou encantado com a vista da cidade que o acolhera com tanta generosidade e resolveu retribuir seu amor por São Paulo com um restaurante no topo do prédio mais alto da cidade. Foi assim que, em 1967, o legendário Terraço Itália foi inaugurado.

IMG_3707

Atualmente, o Terraço Itália é dividido em duas partes, o restaurante e o piano bar. Na minha opinião, o piano bar é mais agradável, por ser mais descontraído e misterioso.

Além da vista estonteante, o piano bar do Terraço Itália conta com música ao vivo, geralmente jazz, e, agora, com a nova carta de drinks.

Os drinks são refrescantes e coloridos, como o Buongiorno Principessa, feito com Prosecco, Licor de Pêssego, Xarope de Framboesa e Frutas Vermelhas no valor de R$ 37.

Wellington Nemeth - Fotografo

Wellington Nemeth – Fotografo

Como acompanhamento para os drinks, sugiro os canapés, como o levíssimo Spiedini di Caprese (mini mussarela de búfala, com tomate e cereja e manjericão, servidos no palito), ou o Bruschette Miste.

O clima do Terraço Itália é romântico, ideal para um encontro com alguém especial, as poltronas são super confortáveis, é possível passar horas curtindo a música e contemplando a imensidão da cidade.

Lá de cima nós vemos como nossos problemas são ínfimos e como São Paulo pode ser linda quando ela quer.

Por Carolina Ronconi – Meninas no Boteco

Instagram: @meninasnoboteco

Blog: www.meninasnoboteco.com.br

Um mapa dos melhores botecos do Brasil e do mundo, de um ponto de vista feminino, reunidos por localidades ou similaridades, com o objetivo de otimizar suas aventuras etílicas. Carolina Ronconi – Meninas no Boteco

Leave a Reply