Home » Templos de Angkor: a oitava maravilha do mundo em ruínas

Templos de Angkor: a oitava maravilha do mundo em ruínas

Camboja | fevereiro 2012 |

Declarado como patrimônio da humanidade, os Templos de Angkor são importantes e incríveis e contam a história inteira de uma civilização. Impossível perder esse passeio pelo Camboja!

No Camboja, a 5 km da cidade de Siem Reap, encontra-se o maravilhoso complexo de templos Angkor, com as ruínas das diferentes capitais do Império Khmer. É o maior monumento religioso do nosso planeta, inicialmente hindu e depois budista. Este parque arqueológico foi construído entre os séculos IX e XV e tem aproximadamente 400km2, incluindo uma área de floresta tropical . Além de ser declarado pela UNESCO patrimônio da humanidade é considerado a oitava maravilha do mundo.

Templos de Angkor- 4

Os templos mais conhecidos são:

Angkor Wat, The Bayon, Ta Prohm, Elephant Terrace e Banteay Srei.

O maior deles é o Angkor Wat, um dos templos mais importantes do século XII, que curiosamente foi erguido no mesmo período que a Catedral de Notre-Dame em Paris e ocupa a mesma área que a Cidade Proibida em Pequim. Sem dúvida é um lugar inesquecível, não só pela beleza natural e arquitetônica, mas também pelo o que significa para a história da humanidade.

Templos de Angkor- 1

Não existem vôos diretos das Américas, Europa ou Austrália. Minha sugestão é voar até Bangkok (Tailândia), Kuala Lumpur (Malásia), Singapura ou Hong Kong – cidades que oferecem mais opções de conexões – e pegar um vôo regional para Siem Reap. Como o Camboja é um pais tropical a melhor época para visitá-lo é na seca, de novembro a fevereiro quando a temperatura media é de 22°C. Este é também o período da alta estação, onde os preços são mais elevados. Não é um lugar de fácil acesso, mas que vale a pena conhecer. Aproveite para visitar os países vizinhos como Laos e Vietnam. Lugares especiais para quem gosta de aventura.

Templos de Angkor- 3

Templos de Angkor- 2

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem