Home » Sicília – mangia che te fa bene – Part III

Sicília – mangia che te fa bene – Part III

Europa | outubro 2019 |
Sicília

A maior ilha do mediterrâneo abriga história, belas paisagens e para os amantes de refeições advindas do mar, imprescindível parada

Sicília, ou “pé da bota” como é coloquialmente intitulada, tem a cidade de Palermo como capital, sendo essa, uma das duas possíveis vias de acesso aérea à ilha, e Catania, do lado leste, sendo a outra.

Agrigento & Villa Armerina

Na busca pela instauração de história, destinos como Agrigento e Villa Armerina são paradas mandatórias. Sendo o primeiro, Agrigento, ao sul-oeste da ilha, conhecido pelas ruínas na cidade de Akragas, aonde ruínas gregas, bastante semelhantes as de Atenas, se encontram. Sítio arqueológico esse, escolhido pela Gucci para sua campanha de pre-fall 19; outro ponto alto são as praia de areia na costa.     

            A Villa Armerina, já classificada como patrimônio da UNESCO, hospeda um palácio Romano do início do século 4. A estrutura é bastante preservada e é possível ter uma nítida noção de como se dava a disposição e o funcionamento de cada cômodo, além dos muitos mosaicos preservados. A vila fica um pouco afastada de rotas turísticas, mas abusa de conteúdo para os insaciáveis de história.

Ragusa, Caltagirone & Noto

            A Sicília é abastada de pequenas cidades e vilarejos, interessante escolher uma de sua predileção (relevando sua posição geográfica) para passar alguns dias e não ficar em um translado sem fim entre destinos.

            Na cidade de Ragusa está o simpático hotel boutique Villa Boscarino, com uma perfeita harmonia da arquitetura local, com modernidade e aconchego para seus hóspedes; ótimo para casais. Ragusa é regada de construções barrocas espalhadas pelo seu morro, como o Duomo di San Giorgio, a Catedral de Ragusa ou a bela paisagem do Giardino Ibleo, o parque.         

            A oeste de Ragusa está Caltagirone, referência quando o assunto é cerâmica. A maior parte de toda a cerâmica produzida da Sicília é sobrevinda de lá. Vasos, pinhas coloridas, pratos majestosos, ou, dentre tantos objetos, meu favorito, as cabeças mouras; elas varias de gênero, tamanho, nível de detalhe, mas nunca sem bossa.   

Por fim, a simpática Noto, mais próxima da costa leste, também transborda detalhes barrocos a cada esquina, embora Ragusa e Noto sejam bastante diferentes. Caso a fome se manifeste ao longo da visita, a Trattoria al buco está em uma esquina, com mesas pela calçada. Noto é puro charme, a catedral se encontra no coração do centro; nessa mesma rua as construções aparentam ter o mesmo tom o que gera uma homogeneização esteticamente bastante agradável.

Cada cidade contem seu magnetismo singular, é possível passar semanas na região da Sicília sem se cansar; conveniente relevar se seus destinos mais atraentes são praias ou mais no interior, se preza pelas temperaturas mais altas ou amenas. Para cada gosto, há sempre uma solução.

Endereços:

 Agrigento 
  
 City sightseeing:
 - Ruínas de Akragas
  
 Villa Armerina
  
 Villa Romana
 SP90, 94015 Piazza Armerina EN, Italy
  
 Ragusa
  
 Hotel
 Villa Boscarino
 Via L. A. Muratori, 63, 97100 Ragusa RG, Italy
  
 City sightseeing:
 -Duomo di San Giorgio, 
 -Catedral de Ragusa 
 -Giardino Ibleo
  
 Caltagirone
  
 Cerâmicas
  
 Noto
  
 Restaurante
 Trattoria al buco
 Via Zanardelli, 1, 96017 Noto SR, Italy
  
 City sightseeing: 
 -Catedral de Noto 
 -Palazzo Ducezio
 -Palazzo Nicolaci 
 -Porta Reale
  
   

Confira todas as dicas da Sicília aqui e aqui.

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem