GO UP
saguenay

Fiorde do Saguenay: floresta, baleias e música

Fora da rota mais turística do Canadá, o Fiorde do Saguenay é um destino fascinante para quem procura um refúgio no meio da natureza. Terra de ursos e baleias e também de um belo festival para quem quer conhecer alguns dos melhores artistas do Québec.

Descobri a região no começo da minha viagem pelo Québec, a província francesa do Canadá. O apelido que os canadenses usam para se referir à província logo fez muito sentido para mim: La Belle Province, a bela província.

saguenay

O Fiorde do Saguenay fica a cerca de 5 horas ao de Montreal. O rio de mesmo nome recorta uma floresta habitada por ursos e alces e é rota de baleias entre os meses de maio e outubro. Parece que um encontro de água doce e salgada na região cria um habitat atraente para elas. Grande parte dos turistas visitam o fiorde para observar esses animais fascinantes e uma série de passeios são oferecidos para isso, seja em bote, navio ou caiaque. Uma das maiores expectativas é encontrar a baleia beluga, uma espécie branca e relativamente rara pelo mundo, já que ela existe apenas em lugares de água muito fria.

Para quem prefere terra firme, há uma série de trilhas para serem exploradas. Fiz uma seção de 13 km da Trilha do Fiorde, uma rota belíssima que oferece vistas espetaculares do rio – os sortudos poderão avistar as baleias ao longo do caminho. A trilha completa tem cerca de 40 km, feitos normalmente três dias de caminhada.

saguenay

Natureza era tudo o que eu esperava quando vim para cá, mas tive a sorte de encontrar também muita música. Por acaso, cheguei justamente na época do Festival de La Chanson de Tadoussac, um festival anual que toma as ruas principais da pequena cidade de Tadoussac. São shows espalhados pelos bares, cafés e centros culturais, em quatro dias de programação. A maior parte das atrações são bandas e artistas quebequenses de estilos diversos (folk, rock e blues), gente muito talentosa porém pouco conhecida fora do Canadá. Música para deixar a bela província ainda mais charmosa!

No próximo post, contarei um pouco mais sobre a minha experiência por aqui, com dicas de transporte e hotel.

Festival de La Chanson de Tadoussac
 Quando: todo ano, em meados de junho 
 Onde: Tadoussac, Québec

Thaís Viveiro viaja com a passagem aérea em uma mão e ingressos para shows na outra. Pequenos bares de jazz e grandes festivais de rock fazem parte de suas andanças pelo mundo e de seu dia-a-dia em São Paulo. É jornalista e editora do Rockin´Chair, site sobre shows internacionais no Brasil. Nas horas vagas, escreve sobre stand up paddle no blog WeSUP.

Leave a Reply