Home » 48 horas no Rio

48 horas no Rio

Brasil | fevereiro 2017 |

Do pôr-do-sol no Morro da Urca ao novo aquário marinho, um roteiro para curtir o melhor da cidade (sempre) maravilhosa.

O Rio de Janeiro continua… lindo! E mais lindo ainda depois da revitalização da área portuária, que inclui a abertura do Museu do Amanhã, novo cartão-postal da cidade, e do MAR, o Museu de Arte do Rio, com sua arquitetura cheia de fendas, emoldurando o oceano. Os dois museus são vizinhos e rendem uma intensa tarde de exploração. No último janeiro, andei “turistando” no Rio, matando as saudades do astral da cidade. Em pleno verão –e já em ritmo de Carnaval –não falta o que fazer:

  1. Embarcar em uma viagem submarina no AquaRio

Mais de 350 espécies marinhas em 4,5 milhões de litros de água salgada esperam pelo visitante no novo aquário da cidade. São 28 tanques onde se pode ver de perto peixes da costa brasileira, do Caribe e do Indo-Pacífico. As águas-vivas são poéticas. As moreias e peixes-leão têm fama de perigosos. As arraias fazem um balé divertido, bem perto do vidro e (juro!) parecem sorrir. O “maior aquário marinho da América do Sul” impressiona menos pelo tamanho e mais por espaços como um túnel de acrílico onde moram tubarões, como a “Margarida”, da espécie Mangona (Carcharias taurus), que injetam adrenalina no passeio. A sensação é de mergulhar entre cardumes. O preço do passaporte é salgado feito a água (R$ 80, mas vale, principalmente com crianças, que pagam meia). Em tempo: a melhor maneira de chegar é de transporte público. Uma boa chance de andar no famoso VLT (salte na estação Utopia AquaRio), pertinho do Museu do Amanhã. Dá para tirar o dia e passear por toda a nova área portuária.

Vá lá: www.aquariomarinhodorio.com.br
www.museudoamanha.org.br
www.museudeartedorio.org.br

  1. Dançar numa pool party em Santa Teresa

Se for sábado, que tal encerrar o dia em uma happy hour com DJ, drinques exclusivos, vista de tirar o fôlego, à beira de uma das piscinas mais charmosas do pedaço? Por todo o verão, acontece o Santa Pool Lounge by Tanqueray, no Hotel Santa Teresa Rio MGallery By Sofitel. No bar de gim Tanqueray, os bartenders Paulo Freitas e Renato Tavares, preparam versões tentadoras da dupla gim tônica, como Rosemary Tonic, com limão siciliano e alecrim , e Tropical Tonic, com chá de rosas silvestres. O DJ Junior Machado, toca House, Hip Hop, MPB e outros ritmos.

Vá lá: www.santateresahotelrio.com.br

  1. Pegar o bondinho e ver o pôr-do-sol no Morro da Urca

Uma das vistas mais sensacionais do Rio. Eu tinha feito esse passeio quando criança e não me lembrava do quanto é incrível pegar esse bondinho transparente com visão de 360 graus. Nos domingos de verão, o evento Sunset Morro tem uma programação deliciosa de música, comidinhas e atrações para todas as idades. Inaugurado em 1912, o Bondinho comemora seu centenário em ótima forma, deslizando tranquilo na paisagem da cidade, recebendo cerca de 4,5 mil visitantes por dia. O primeiro trecho, que leva ao Morro da Urca, inclui vistas deslumbrantes da Praia Vermelha e das orlas do Leme e Copacabana, pelo lado direito, e da Enseada de Botafogo com o Cristo ao fundo, pela esquerda. Também fica ali o charmoso restaurante Cota 200, de culinária brasileira. Outros 750 metros levam ao Pão de Açúcar. Do ponto mais alto, é possível avistar a Baía de Guanabara, a Enseada de Botafogo, o Centro da cidade, o bairro da Ilha do Governador, a ponte Rio-Niterói e, ao fundo a Serra do Mar, com o pico do Dedo de Deus. Precisa mais? O #sunsetmorro acontece até 19 de fevereiro.

Vá lá: www.bondinho.com.br

  1. Comer uma massa com frutos do mar no Margutta

O restaurante italiano comandado pelo chef italiano Paolo Neroni e sua mulher, a capixaba Conceição Neroni, é um clássico de Ipanema, desde 1994. O nome é inspirado na rua romana em que morou o cineasta Federico Fellini. Com o tempo, o lugar se tornou ponto de encontro de artistas, políticos e “grã-finos”. No cardápio, as massas casam bem com polvo, camarões e mexilhões. Quem pediu o risotto de frutos do mar não se arrependeu. O de limão siciliano com vieiras (foto) também é uma boa pedida. Depois do jantar, só falta parar em um dos quiosques da orla para uma saideira a céu aberto e se dar conta de que o Rio de Janeiro continua… uma festa sem hora para acabar.

Vá lá: www.margutta.com.br

www.rosanequeiroz.com

Siga @oscincosentidos no instagram

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem