GO UP
Rhodes

Rhodes – A ilha grega do verão europeu

Este paraíso grego tem o verão mais longo e ensolarado da Terra, com clima perfeito, sol todos os dias e praias de águas cristalinas. 

Diz a lenda que a ilha de Rhodes estava escondida em toda a sua beleza nas águas profundas do mar Egeu. Quando o Deus do Sol a viu, ele se enamorou perdidamente e a pediu de presente ao seu pai Zeus. Desde então, o Deus do Sol dá a Rhodes o privilégio de ser um dos lugares do mundo com o verão mais longo e ensolarado da Terra.

Considerada o lugar ideal para as férias de verão pelos seus vizinhos Europeus. As belas praias tem águas límpidas e cristalinas, apesar da areia não ser branquinha. Não espere uma praia com areia branca. As praias aqui são de areia de rocha, escura, mas nem por isso são feias. Elas são autênticas, de uma beleza natural, ideal para snorking e esportes aquáticos. O vento, a brisa contínua, são bem-vindos e ajudam a não perceber o real calor. É uma delícia ficar a beira do mar com a brisa que te acaricia!

Os muros medievais da cidade de Rhodes, a capital, faz dali um dos lugares mais interessantes para se visitar. Na “Old Town “, como é chamada a parte antiga da cidade, há um dos castelos medievais mais conservados do mundo, um exemplo de arquitetura da época, construído pelos Cavaleiros da Ordem de São João.

A cidade de Lindos, na costa leste da ilha, é conhecida não só pelas lindas praias mas também por ser um sitio arqueológico importante, onde se encontra  o Templo Dórico de Atena Lindia, datado de 200 a. C., a Acrópole de Lindos.

Por toda as suas riquezas e belezas naturais, a ilha de Rhodes é considerada um  dos lugares do mundo que reúne todos os ingredientes juntos para maravilhosas férias de verão: clima perfeito, sol todos os dias, praias  com águas cristalinas, história, excelente gastronomia, povo cordial, e muitos lugares bonitos para se visitar. O que mais se pode querer?

Arquiteta e desde sempre “globe-trotter”. Tem rodinhas nos pés e paixão por descobrir novas culturas, culinárias, arquitetura e países. Ensinou as filhas que viajar é uma arte, e que as vezes vale a pena perder alguns dias de aula e conhecer um lugar diferente.

Leave a Reply