GO UP

O que fazer em Cartagena

Cartagena é uma cidade vibrante, musical e colorida. Toda a sua história e o carinho e hospitalidade de seu povo vão fazer você se encantar.

Mas escrevi este post com 2 objetivos:

1) Explicar a relação da cidade com a arte e a literatura e indicar um Artsy Tour super interessante.

2) Indicar os melhores passeios de barco, as melhores ilhas para você visitar, pois há alguns “programas de índio” que é bom evitar.

Artsy Tour

cartagena-artsy-historic-tour-by-original-miles

Durante séculos, Cartagena foi o principal porto de entrada para a América do Sul e isso fez com que ela se desenvolvesse a partir de uma mistura riquíssima de culturas e tradições. Arte, literatura, música e gastronomia. Cartagena transpira tudo isso.

Não é à toa que o Nobel de Literatura, Gabriel Garcia Márquez construiu sua casa lá e escolheu Cartagena como o palco principal de seu romance “O Amor nos Tempos do Cólera”.

Ao caminhar pela ciudad amurallada – declarada Património Mundial pela Organização das Nações Unidas em 1984 – você vai se deparar com esculturas de renomados artistas, como por exemplo a La Gorda (Mujer reclinada) de Botero que amava passar longos períodos por lá. La Gorda, como é chamada pelos cartageneros, é uma das mais famosas obras que Botero, artista colombiano, doou a Cartagena. Dizem que quem tocar nos seios dela terá um duradouro romance.

A lista de exemplos é grande. E o Tour com a Marelvy Peña-Hall é imperdível. Faça logo que chegar a Cartagena para ter uma visão completa da cidade.

cartagena-marelvi-by-original-miles

A Marelvy é nativa de Cartagena, fluente em Inglês (casada com um artista americano), francês (viveu 2 anos na França) e espanhol. O tour com ela dura 4 horas e te dá uma excelente ideia de quem é Cartagena hoje, sob a ótica de uma local.

Além disso, esse tour mescla história com arte, arquitetura e literatura. Os principais pontos turísticos da cidade são apresentados por ela através de um paralelo com o romance “O Amor nos Tempos do Cólera”. A Marelvy também oferece outros roteiros como um passeio inteiramente focado em arquitetura e uma visita ao Vulcão Totumo que inclui até banho de lama.

Fale com ela por aqui: marelvy@tourincartagena.com

Ilhas

As praias de Cartagena não são bonitas. Nem vale a pena tentar. Eu, com essa mania de conhecer o lifestyle dos locais, fui a MORROS num dos dias em que estive em Cartagena.
Veja pelas fotos: praia grande, areia escura, mar ruim, barracas de camping. Super estranha para nós brasileiros. Acabei arrumando um Pool Day no SUNSET HOTEL. Mas não recomendo.

O que vale em Cartagena são os passeios de barco pelas ilhas. Só saindo de barco é que você vai ter acesso ao mar cristalino do Caribe.

cartagena-passeio-de-barco-by-original-miles

Existem muitas ofertas de passeios em barcos comunitários, mas eu vou te passar aqui o melhor esquema para um passeio mais exclusivo: Carlos Ligardo. Carlosligardo@hotmail.com

O Carlos é aquele típico colombiano, alegre, simpático e muito solícito. Além de te oferecer diversas alternativas de barco, ele ainda vai às compras (depois de te pedir um briefing e de te apresentar o orçamento) e equipa o barco todo. Não sei como a figura arruma tempo, porque ele trabalha no Sofitel Santa Clara. O fato é que ele tem uma equipe na cidade que já é toda preparada para atender esse tipo de demanda. Já perdi a conta de quantos amigos eu já indiquei pra ele.

Foi por causa do Carlos que eu conheci a ISLA DEL ENCANTO – linda, incrível. Chegando lá, fomos recebidos pelo manager da ilha (que também funciona como hotel). Ele já veio perguntando o que gostaríamos de almoçar pois teria que preparar tudo até as 14hs. Achei estranho mas fui entender que em janeiro o mar costuma ficar forte depois das 16hs. Então esse é o horário máximo que eles recomendam para sairmos das ilhas rumo a Cartagena. De qualquer forma, deu para aproveitarmos o dia naquele paraíso que parecia estar exclusivamente reservado para nós.

cartagena-isla-del-encanto-by-original-miles

Outra ilha fantástica para passar o dia é a ISLA BARÚ. Uma ilha enorme que tem umas partes bem turísticas. Peça ao Carlos que te deixe numa prainha depois do DE CAMERON HOTEL. O hotel é sem graça, mas a praia é show.

cartagena-baru-by-original-miles

Tem um passeio IMPERDÍVEL para fazer que é um dia no HOTEL SAN PEDRO DE MAJAGUA nas Islas Rosario. Essa ilha fica a 45 minutos de Cartagena.

Nesse dia você pode dar uma folga pro Carlos. É que apesar de ser um passeio comunitário, as lanchas são pequenas e a programação tem um perfil mais private, que te dá liberdade para escolher o que fazer na ilha. As lanchas saem do Bovedas de Santa Clara às 8h45 e é melhor reservar antes pois esse é considerado o mais top dos passeios de barco de Cartagena.
A ilha tem duas praias lindas, com mar azul cristal. Eles oferecem alguns passeios como trilha e mergulho, mas como não fui a nenhum, não sei dizer se valem à pena. O almoço é incrível: lagostão gigante + arroz de côco (muuuito comum por lá). O único inconveniente são os vários nativos da ilha vendendo bijuteria enquanto você quer só relaxar.

cartagena-lagostao-by-original-miles

Pois bem, se você não sabia o que fazer em Cartagena até hoje, agora tem muitos motivos para conhecer esta vibrante cidade!

As experiências mais memoráveis das viagens acontecem quando desviamos do roteiro tradicional, deixamos o guia de lado e nos permitimos respirar a atmosfera local, observando o ritmo e as pessoas, e experimentando, sem rumo, esquinas, vielas, cafés, bookshops, parques... Podemos dizer que realmente conhecemos um lugar quando aprendemos a sua história, sua vocação natural, sua cultura, suas tradições e seu povo. É por isso que em minhas viagens faço questão de enxergar as cidades sob a perspectiva de um cidadão local. Essa tática amplia meus horizontes e quebra meus paradigmas. Essa coluna tem o objetivo de estimular a sua vontade de desbravar destinos, através de novos ângulos, fugindo do conceito padrão de turismo.

Leave a Reply