Home » Matera –7 atrações imperdíveis na Capital Européia da Cultura de 2019

Matera –7 atrações imperdíveis na Capital Européia da Cultura de 2019

Itália | fevereiro 2019 |

Eleita a Capital Européia da Cultura de 2019, Matera, ou Cidade das Pedras, é também Patrimônio da Humanidade. Andar por suas ruelas, praças, casas-grutas e catedrais é uma experiência para colocar na agenda de 2019 e da vida! Conheça 7 lugares que você não pode perder em Matera.

Um lugar totalmente diferente de tudo o que você já viu. Matera, localizada entre a Puglia e a Basilicata, é uma das cidades mais fascinantes da Itália. A cidade dos Sassi (palavra que deriva de pedra), que lhe rendeu o apelido de “Cidade das Pedras”, além disso, é considerada uma das mais antigas do mundo. Declarada Patrimônio da Humanidade em 1993, é um dos símbolos da Itália. Com sua beleza única, inspirou artistas, poetas e cineastas. Ou seja, mais do que justo ter sido eleita a Capital Européia da Cultura 2019. 

Os “Sassi” são os bairros antigos dessa cidade, praticamente uma escavada na pedra à beira de um despenhadeiro. Os bairros são divididos em “Sasso Caveoso” e “Sasso Barisano”, com ruelas entre as habitações formadas por massa de rocha. Para se ter ideia do valor dessa cidade para a humanidade, os primeiros assentamentos, ali, remontam ao período Paleolítico.

Seus habitantes viveram durante séculos em casas-gruta, que hoje depois estão abertas a visitação. Assim sendo, passear pelas ruas estreitas de Matera é uma experiência para colocar na agenda de 2019 e da vida. A cidade mistura o arcaico e o contemporâneo, com uma mescla singular de arte e arquitetura. Além disso, são várias igrejas e recantos pitorescos na cidade. Em suma, para aproveitar a Capital Europeia da Cultura, selecionamos 7 lugares que você não pode perder em Matera:

Catedral de Matera

Dizem que essa catedral tem duas almas: seu externo conserva o estilo romântico do século XIII com uma enorme rosácea na fachada. Já o seu interior é uma ode ao barroco, com muito dourado, telas e esculturas. A Catedral de Matera fica na parte mais alta do centro histórico, numa colina do bairro da Civita. Imponente, a catedral cor de marfim pode ser vista de longe. Foi construída entre 1230 e 1270. Ou seja, oito séculos de beleza ao alcance dos olhos. 

Piazza Vittorio Veneto

Ela é o coração da cidade. A Piazza Vittorio Veneto é a maior e mais importante praça da cidade, onde moradores se encontram e turistas marcam o ponto de partida para os passeios. Aliás, é bem provável você vai caminhar por ela ou marcar algum encontro na Piazza Vittorio Veneto. 

Casas-grutas

Para sentir a verdadeira atmosfera de Matera, há que visitar as casas-grutas, que hoje se transformaram em museu. Visto que, elas são restauradas, com móveis e utensílios originais. Há visitas guiadas onde os visitantes caminham e compreende como as famílias viviam nesses espaços pequenos, com muita gente e seus animais de estimação. De fato, é impressionante!

Palombaro Lungo

O Palombaro Lungo é uma cisterna gigantesca escavada na Piazza Vittorio Veneto. Com 15 metros de profundidade e capacidade para armazenar cerca de 5 mil metros cúbicos de água, o tanque foi utilizado nas primeiras décadas do século passado. “Plumbarius” A cisterna foi construída em 1846 como uma reserva de água para os habitantes do bairro, mas só veio à tona em 1991, durante uma reforma do local. 

Castelo Tramontano

Um castelo que começou a ser construído no início do século XVI, no alto de uma colina, mas nunca foi concluído. A obra não terminou por causa de uma conjuração que ocorreu em 1515, em que conde Giorgio Tramontano, que tinha ordenado o início das obras, foi assassinado. Por fim, a fama do conde é de déspota, o que torna a conversa durante a visita bastante polêmica. 

MUSMA

O MUSMA – Museu da Escultura Contemporânea de Matera – é um lugar essencial para quem aprecia arte. São dezenas de salas escavadas na rocha, em que estão expostas cerca de 250 obras de artistas italianos e de outros países. Há esculturas em bronze, madeira, ferro, cerâmica, além disso, desenhos, medalhas e livros de arte.

Piazza del Sedile

Antigamente esta praça representava o coração político da cidade. Hoje, contudo, é um lugar bastante frequentado à noite. Especialmente no verão. Cercada por lojas e bares, onde ficavam antigas oficinas e armazéns. Assim sendo é o endereço para quem busca agito em Matera. 

Quer mais inspiração de viagem? Quer saber dos eventos mais bacanas que acontecem pelo mundo? 
Siga nosso Instagram e Facebook!

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem