Home » Malta – Uma ilha charmosa e turística

Malta – Uma ilha charmosa e turística

Europa | julho 2019 |
malta

No coração do Mediterrâneo, Malta reúne muita história e um cenário de praias azuis. Uma ilha charmosa e turística para colocar na sua lista de desejos 

A meio caminho entre a Sicília e a Tunísia, Malta é uma ilha encantadora. Minha escala por ali foi curta (uma pena!), em um fim de semana organizado por amigas. Mas deu para conhecer e saber um pouco dessa ilha charmosa e turística, no coração do Mediterrâneo. 

O país é conhecido principalmente pelos locais históricos ligados a sucessão de governantes. Por Malta, passaram os fenícios, que fundaram Cartago, na Costa Africana. Depois vieram os gregos, romanos, árabes, os cavaleiros cruzados, até, por fim, a ilha cair nas mãos dos britânicos. 

Assim, Malta conta com várias fortalezas, templos e igrejas doscavaleiros da Ordem de Malta, além de um complexo subterrâneo de corredores de 4.000 a.C. Não por acaso, a capital da ilha, Valletta, está na lista dos patrimônios culturais da humanidade. 

Sabores do Mediterrâneo

O idioma local, o maltês, é uma loucura! Árabe na gramática, latino no vocabulário, ainda adota várias palavras do inglês, a outra língua oficial. Malta ainda é também um destino e tanto para quem curte esportes náuticos, pratica golfe ou quer relaxar, pois não faltam spas na ilha. Pescados, pães, e o típico queijo “Ġbejna”, redondo, feito de leite de ovelha, compõem ainda uma gastronomia interessante e saborosa.  

A seguir, selecionei os programas de que mais gostei. Mas, antes de tudo, um ponto importante que deve ser considerado ao montar o roteiro, são as distâncias de um lugar para o outro. O país é pequeno, porém, o tempo que se leva de uma cidade a outra pode ser cansativo quando você escolhe fazer tudo no mesmo dia.

Programas

1. Em primeiro lugar, fiquei impressionada com a beleza da cidade de Mdina. Extremamente bem cuidada, parece o cenário de um filme. Assim como a atual capital, a Mdina é uma cidade murada. Fica mais ao centro da ilha, longe do porto, mas sua localização no alto de uma colina garante uma vista linda para o mar. Ela também conhecida como Cidade Silenciosa, apelido que faz mais sentido à noite, quando os turistas se despedem. 

2. Um programa muito recomendado é a visita a ilha de Comino, onde fica “a praia mais bonita de Malta”. Realmente é uma ilha belíssima, com mar azulzinho. Porém, na alta estação, fica tomada por turistas e acaba perdendo o charme. Ou seja, a minha sugestão é alugar uma lancha privativa para fazer o passeio e ancorar em uma baía mais tranquila e isolada. Aí, sim, dá para curtir a beleza natural de Comino. 

3. Como Beach Club, o mais conhecido é o Café del Mar. Bem em frente ao mar (como não poderia deixar de ser) o bar fica em torno de uma grande piscina. Várias espreguiçadeiras montam o disputado ambiente no calor do verão europeu. Embora a vista seja para o oceano azul-turquesa, o lugar não tem acesso ao mar, pois só tem pedras ali por perto. Aos domingos, o famoso Café del Mar garante festas no final do dia. Sem dúvida, é o lugar do agito em Malta. Vale reservar antes o seu lugar. Ah, o restaurante é bem gostoso!

Quer mais inspiração de viagem? Quer saber dos eventos mais bacanas que acontecem pelo mundo? 
Siga nosso Instagram e Facebook!

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem