Home » Nau Royal Hotel Boutique & Spa – Um paraíso azul royal

Nau Royal Hotel Boutique & Spa – Um paraíso azul royal

Brasil | outubro 2018 |
nau royal

Romântico, sustentável e pé na areia, o Nau Royal Hotel Boutique & Spa convida a uma experiência única com vista privilegiada para o mar de Cambury, no litoral norte de São Paulo

Chegar ao Nau Royal é um acontecimento. O check-in é suave, sem ter que preencher nenhum papel. Todas as questões são respondidas um dia antes, virtualmente, para que o hóspede comece a relaxar logo ao pisar no hotel. Um drink de água de coco em taça de martini dá as boas-vindas, enquanto você descansa em uma das espreguiçadeiras da piscina, curtindo brisa e sentindo que aquele mar é só seu.

Para quem sai de São Paulo, a viagem é curta (cerca de duas horas e meia) até Cambury, uma das praias mais bonitas do litoral norte paulista. Sentir a areia sob os pés também é fácil, basta descer alguns degraus. Piscina ou praia? Se escolher a segunda opção, cadeiras e guarda-sóis aparecem como em um passe de mágica, a partir do serviço atento do hotel, especializado em criar cenários e climas românticos.

Com apenas 13 apartamentos, o Nau Royal é um dos hotéis mais românticos desse trecho de litoral e faz valer a fama em cada detalhe. Na suíte Perrier Jouet, os casais são brindados com uma super varanda – claro, com vista para o mar –, sala de estar e dois amplos banheiros, somando 52 metros quadrados de puro conforto e glamour. Amenidades L’Occitanne com aromas a escolher, máquina de Nespresso e frigobar customizado conforme as preferências do casal são alguns mimos que fazem a diferença –além da tentadora possibilidade de pedir o café-da-manhã no quarto.

Para quem está em em lua-de-mel, ou comemorando alguma data especial, há duas suítes de 120 metros quadrados na cobertura. Nesse caso, o staff prepara um pacote romântico que inclui decoração romântica, champanhe, rosas e jantar em um gazebo exclusivo, à luz de velas, em meio ao jardim contemporâneo, que mistura coqueiros, flores e espécies que se integram com a mata atlântica nativa da região.  Não por acaso, há muitas cerimônias de casamento que acontecem no hotel, que integra a associação Roteiros de Charme.

No fim da tarde, é comum ver casais –hóspedes ou não – bebericando um espumante e namorando entre o bar e as piscinas. São duas: uma pequena, aquecida, e a maior, com cascata e uma sauna ao fundo, de onde você pode sair mergulhando diretamente para a água da piscina.

Entre os drinks, recomendo fortemente a caipirinha de tangerina com pimenta dedo-de-moça. Além do sabor, me chamou a atenção o canudinho de vidro. É uma das práticas sustentáveis adotadas pelo hotel, a começar pelo projeto de arquitetura, com muita luz e elementos naturais. 

A gastronomia do restaurante YYE, com menu assinado pelos chefs Morena Leite (do Campim Santo) e Artur Dornelles merece um post exclusivo. Por ora, só digo que é inspirado no mar e na terra, resgatando a força da gastronomia brasileira à beira mar, com muitos toques tropicais, e que ali provei o melhor polvo grelhado da vida.  Ah, o café da manhã… Tem tudo de bom que se pode imaginar em um cinco estrelas, servido à la carte, e ainda delícias extras como a bruschetta de tomate, pepino e abacate, que deixa saudades.

No subsolo, há ainda com uma unidade do Spa L’Occitanne, com um menu de massagens e terapias para todos os gostos. Experimentei o Immortelle, um tratamento rejuvenescedor e firmador para o rosto, com limpeza, exfoliação, máscara e hidratação. Enquanto a máscara age, rola uma massagem nas mãos e nos pés que faz flutuar. Só sei que o rosto ganha uma luz incrível e você sai se sentindo dez anos mais jovem. Isso foi antes da caipirinha de tangerina e do pôr-do-sol na praia, finalizando mais um dia perfeito, diante da imensidão azul que cerca o Nau Royal.

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem