GO UP
festivais de música na europa

Sete festivais de música para curtir na Europa

O verão está chegando no hemisfério norte e, com ele, começa a temporada de festivais de música pela Europa. Se você está preparando uma viagem para o velho continente, não marque bobeira. Os grandes festivais europeus são experiências inesquecíveis para um fã de música. A vibe é incrível e os lineups costumam ser riquíssimos.

Selecionei, por país, alguns dos melhores festivais que vêm aí:

INGLATERRA
A terra dos Beatles é o destino certo para quem quer curtir os maiores festivais de rock do mundo. Glastonbury é o mais famoso e mais cobiçado deles. O festival nasceu em 1970 em meio à cultura paz e amor da época. O ingresso custava 1 libra e ainda incluía leite de graça, produzido na fazenda em que acontece o festival, em Somerset. Hoje, o Glastonbury é um dos festivais mais caros do mundo, mas ainda assim os ingressos costumam esgotar antes mesmo de ser anunciado o lineup. Além de música, circo, teatro e outras artes fazem parte do evento.

Outro festival histórico da Inglaterra é o Isle of Wight, considerado o Woodstock britânico. Ainda mais antigo do que o Glastonbury, o Isle of Wight teve suas primeiras edições entre 1968 e 1970 e foi resgatado em 2002. A ilha fica a duas horas de Londres e os ingressos são um pouco menos concorridos.

ESPANHA
Espanha é também um país cheio de ótimas opções de festivais. Benicàssim é um dos maiores deles. É um bom festival sobretudo para quem quer curtir música noite adentro. Além de grandes nomes do rock e pop na escalação, o braço eletrônico do Benicàssim é um dos grandes chamarizes do festival.

Já o Primavera Sound, que acontece na badalada Barcelona, costuma ter um lineup um pouco mais alternativo. Durante os três dias de festival, uma série de shows menores são realizados pela cidade. Mesmo se você não quiser comprar ingresso para o festival, vale a pena visitar a capital catalã nessa época.

festivais de música na europa primavera sound

DINAMARCA
Roskilde, realizado em uma cidade de mesmo nome próxima à Copenhagen, é um dos maiores festivais da Europa. E um dos mais incríveis. Sem fins lucrativos, o evento é organizado inteiramente por voluntários e o dinheiro arrecadado pelo festival é doado para organizações culturais e humanitárias pelo mundo. A programação do Roskilde é bastante eclética, incluindo pop, rock, hip hop, metal e eletrônica. Leia mais sobre esse festival aqui.

ESCÓCIA
O maior festival da Escócia é o T in The Park, criado em 1994. Apesar de receber sempre bandas e artistas de muito sucesso, a grande atração do T in The Park costuma ser o público empolgado. Nessa ano, o festival fica um pouco mais especial: pela primeira vez, ele será realizado nos arredores do imponente Strathallan Castle, um castelo do início do século XIX.

CROÁCIA
A Croácia é hoje um dos polos de festivais na Europa. INmusic, criado em 2006, é o maior festival do país. A sua grande atração é a localização: o INmusic acontece em uma pequena ilha no Lago Jarun, um dos principais pontos turísticos da capital croata.

festivais de música na europa_inmusic

Glastonbury Festival 2015
Data: 24 a 28 de junho
Local: Worthy Farm, Worthy Lane, Pilton BA4 4BY, Inglaterra
Isle of Wight Festival 2015
Data: 11 a 14 de junho
Local: Seaclose Park, PO30 2QS Newport, Isle of Wight, Inglaterra
Festival Internacional de Benicàssim
Data: 16 a 19 de junho
Local: N-340, Km. 986,300, 12560 Benicasim, Espanha
Primavera Sound 2015 
Data: 28 a 30 de maio
Local: Parc del Forum, Barcelona, Espanha
Roskilde Festival
Data: 01 a 04 de julho
Local: Darupvej 19, 4000 Roskilde, Dinamarca ‎
T in the Park 2015
Data: 10 a 12 de julho
Local: Strathallan Castle, Auchterarder PH3 1JZ, Reino Unido ‎
INmusic Festival 2015
Data: 22 a 24 de junho 
Local: Lake Jarun Zagreb, Croácia

Thaís Viveiro viaja com a passagem aérea em uma mão e ingressos para shows na outra. Pequenos bares de jazz e grandes festivais de rock fazem parte de suas andanças pelo mundo e de seu dia-a-dia em São Paulo. É jornalista e editora do Rockin´Chair, site sobre shows internacionais no Brasil. Nas horas vagas, escreve sobre stand up paddle no blog WeSUP.

Leave a Reply