GO UP
Etnia Pousada Trancoso

Etnia Pousada & Boutique – O melhor dos mundos em Trancoso

Na língua iorubá, “Ojulé” significa lar. A tradução não poderia ser mais perfeita, pois foi como me senti, “em casa”, ao chegar à Etnia Pousada & Boutique, em Trancoso.

Eu havia me hospedado ali uma vez, durante o festival Música em Trancoso, que acontece nos meses de março. Na época, eram sete bangalôs temáticos, um mais charmoso do que o outro. Lembro que amei ficar no Gipsy, decorado com detalhes coloridos, leques e flores. A decoração étnica de bom gosto, com objetos de todos os cantos do mundo é uma das marcas da pousada, consagrada nas listas de guias como Condé Nast Traveller.

Etnia Pousada Trancoso

Agora, a Etnia ganhou quatro novas villas  – Ibó, Alafiá, Ojulé e Ebatí – nomes que remetem a um local sagrado para relaxar. Na villa Ojulé, encontrei uma rede gostosa me esperando na varanda e uma cama king das galáxias, com aquele mosquiteiro de algodão que só deixa passar bons sonhos. A atmosfera silenciosa é um dos diferenciais da Etnia. A poucos passos do Quadrado – o centrinho do vilarejo, onde tudo acontece – você tem a sensação de estar perto e ao mesmo tempo longe do agito noturno.

Etnia Pousada Trancoso

O extenso jardim tropical, repleto de palmeiras, jaqueiras, primaveras e arbustos de hibiscos, cria um manto verde em torno da piscina. As villas ficam distantes o bastante umas das outras, garantindo privacidade. Assim, no sistema de “condo-hotel”, o hóspede pode ter o melhor dos mundos em Trancoso: sentir-se em casa, ao mesmo tempo em que desfruta dos serviços de um hotel de luxo. Ou seja, quem ama cozinhar, tem uma cozinha totalmente equipada para preparar seu peixinho grelhado, ou pode saborear um dos pratos do menu do restaurante, como o curry de camarão no abacaxi.

No café-da-manhã, é uma benção encontrar aquela mesa linda, com frutas frescas, bolos perfumados, iogurte caseiro e tapioca quentinha. Com sorte, você cruza com André Zanonato, um dos sócios da pousada, gaúcho que não perdeu o sotaque, mas sabe como poucos receber com axé baiano e savoir faire de cidadão do mundo. Além disso, o serviço de conciérge da pousada merece um elogio, pois são diversas as experiências possíveis – do stand-up ao passeio de lancha – que eles organizam com apego aos detalhes. Por esses motivos, entre outros que não cabem em um post, quem se hospeda na Etnia compreende o sentido da palavra Ojulé.

Vá lá:

Etnia Pousada e Boutique
Rua Principal, 25 - Trancoso BA (diárias desde R$ 850, com café-da-manhã)

Saiba mais sobre o MeT – Música em Trancoso

Curta @oscincosentidos no Instagram

 

Uma caçadora de histórias e maravilhas. Jornalista, escritora, cantora, viajante, cozinheira , aprendiz de dança, sempre em busca da próxima descoberta que desperte os cinco sentidos: o sabor de um novo prato, drink ou vinho (paladar), uma massagem, mergulho ou algo assim relaxante (tato), uma terapia com óleos aromáticos, chás com especiarias ou aquele perfume inédito (olfato), o pôr do sol visto de um rooftop ou as vistas mais incríveis para o mar e as montanhas (visão), e ainda um concerto, show, som ou simplesmente o barulho das ondas, do vento ou dos pássaros (audição). Rosane Queiroz foi editora da revista Marie Claire e da revista de bordo da GOL. Escreve sobre comportamento, gastronomia, sustentabilidade, viagem e lifestyle em publicações como Viagem e Turismo, Vida Simples, Folha de São Paulo, entre outras, além de atuar em produção de conteúdo de texto para livros. É autora de "Musas e Músicas –A mulher por trás da canção" (ed. Tinta Negra), livro reportagem em que conta quem são as musas inspiradoras de canções da MPB com nomes femininos. Na coluna Os Cinco Sentidos, compartilha experiências colhidas em suas andanças e viagens, com os cinco sentidos bem abertos. Mantém o Instagram @oscincosentidos.