Home » As 5 melhores estações de esqui da Itália

As 5 melhores estações de esqui da Itália

Europa | dezembro 2013 |
onde-esquiar-na-italia

Programando a sua próxima viagem de esqui? Veja aqui algumas dicas de onde ir esquiar na Itália, e curtir muito cada estação de esqui.

O final do ano está se aproximando e as programações das viagens estão a mil! Fora o réveillon – em que na maioria das vezes a praia é uma boa pedida – um dos destinos mais requisitados em dezembro e janeiro é a neve. A vontade de esquiar já está batendo e a dúvida surge na hora de escolher o destino. A Itália, além de ser repleta de charme e cultura, oferece também excelentes estações de esqui. Além de levarmos em conta a estrutura dos locais, não poderíamos deixar de lado a gastronomia, pois não dá pra negar que ela faz uma diferença e tanto na viagem. Todos os lugares que você verá a seguir possuem restaurantes de cair o queixo!

Seguem algumas sugestões da equipe do Original Miles:

1)    Cortina D’Ampezzo

IMG_6106
Foto: Original Miles

Localizada no Vêneto, na província de Belluno, Cortina é o point da galera no inverno europeu. A cidade – localizada em meio as Dolomitas, uma das cadeias montanhosas mais bonitas do mundo e patrimônio da UNESCO – fica super agitada durante esse período e programação é o que não falta. Vai gente de todas as idades, em família, com amigos ou a dois, e claramente os programas variam de acordo com o perfil dos viajantes.

IMG_5765
Fotos: Original Miles

Em relação ao esqui, Cortina é uma das 12 estações do complexo do DolomitiSuperSkiPass: com esse passe você pode esquiar em todas essas estações que estão interligadas entre si (sem repetir uma pista sequer!). Não é sempre que as estações são conectadas por cadeirinhas ou gôndolas, ou seja, tem horas que é necessário pegar ônibus para ir à outra cidade, porém são 15 minutinhos, ideal para dar aquela descansada. Para saber mais, clique aqui.

 

2)    Selva di Val Gardena

IMG_1676
Fotos: Original Miles

Também localizada nas Dolomitas, mas na região de Trentino-Alto Adige, Selva di Val Gardena é uma cidadezinha oróxima de Cortina, mas bem menor e mais tranquila. É um ótimo lugar para quem ama esquiar e gosta de ficar o dia inteiro na pista, para depois relaxar em um bom spa.

IMG_1586
Fotos: Original Miles

Quanto ao esqui, vale o mesmo que Cortina. Faz parte do DolomitiSuperSkiPass, e a localização é melhor ainda, pois está no meio das montanhas e a interligação com as outras estações de esqui é mais simples. Para mais informações clique aqui.

 3)    Courmayeur

DSC00315
Fotos: Original Miles

Courmayeur fica mais ao norte da Itália, na região do Vale d’Aosta, fronteira com a França, a poucos quilômetros de Chamonix, e faz divisa também com a Suíça (mas não consegue se chegar de carro). Sem dúvida, a estação dispõe de uma posição privilegiada.

Aos pés do Monte Branco, o panorama aqui é de cinema e na alta estação fica super disputado. A meninada de final de semana foge das cidades e vai à procura de programas nas montanhas.

Em relação à estação de esqui, esta é menor quando comparada ao complexo das Dolomitas, mas a variedade de pistas é grande e existe a opção de escolher o Mont Blanc Unlimited, em que você pode esquiar na Itália, Suíça (Verbier) e França (Chamonix)! Gostou? Mais informações aqui.

4)    La Thuile

DSC00345
Fotos: Original Miles

La Thuile fica bem próximo a Courmayeur, porém não faz parte do Mont Blanc Unlimited. A cidade é uma graça e toda essa região na alta estação tem sempre gente e programa pra fazer. A estação de esqui é linda e oferece mais quilômetros do que Courmayeur sozinha (sem considerar o passe Mont Blanc Unlimited).

Uma opção para quem estiver com tempo é visitar as demais cidades e conhecer pistas e lugares diferentes. Essa região oferece vistas de tirar o fôlego e a mobilidade é muito fácil. Vale a pena alugar um carro e explorar! Saiba mais aqui.

5)    Madonna di Campiglio

Madonna_di_Campiglio

A vila de Madonna di Campiglio fica no nordeste da Itália e possui apenas 1000 habitantes. E seu estilo segue o conceito de lugar pequeno, simples e muito aconchegante. Por ser mais difícil de chegar lá (a vila fica em um vale cercado por florestas), ela só fica lotada em altíssima temporada: Natal, Ano Novo e Páscoa, ou seja, nos outros meses do ano, Madonna di Campiglio oferece uma experiência tipicamente italiana. A noite oferece bares e restaurantes elegantes.

A área de esqui ao redor do vilarejo tem 150km e 57 teleféricos e é o principal acesso aos Dolomitas de Brenta, onde existe a famosa via ferrata, um itinerário preparado para a prática do montanhismo.

onde-esquiar-na-italia

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem