Home » Inverno na Europa: os dois maiores complexos de esqui

Inverno na Europa: os dois maiores complexos de esqui

| junho 2015 |
esqui-na-europa

Uma das melhores maneiras de curtir o inverno europeu é partir para uma estação de esqui. Separamos as melhores opções para quem comprou esta ideia e procura diversidade de atividades e pistas. Conheça os dois maiores complexos de esqui na Europa.

esqui-na-europa

Le Trois Vallés

O maior complexo interligado de esqui do mundo é na França. O Le Trois Vallées, abriga 8 resorts: La Tania, Méribel, Brides-les-Bains, Les Menuires – Saint Martin, Val Thorens, Orelle e o mais conhecido, Courchevel. Com mais de 600 KM de pistas (311 no total) e 180 teleféricos, ele é o paraíso para quem ama esportes de inverno e diversão!

O resort mais conhecido da região é Courchevel, o mais badalado e exclusivo que fica no topo da lista dos mais concorridos. Porém a experiência aqui vai além das pistas, são mais de 70 restaurantes (alguns com estrelas Michelin), e uma infra-estrutura que comporta todo perfil de viajantes: família, amigos e à dois.

esqui-na-europa

o La Tania fica localizado bem no centro do complexo, e é especial por contar com cabanas no meio da floresta, à uma altitude de 1400 metros. É um resort com ambiente bem familiar e ótimo para crianças.

Por sua vez, Méribel há mais de 70 anos é famoso por representar a arte de viver nas montanhas com esportes e gastronomia. Assim como as estações anteriormente citadas ela também recebe muito bem todos os perfis de idade: de crianças pequenas até idosos. Outro ponto bacana é que todo o resort é ski-in e ski-out.

Bride Les Bains, é o mais barato dos resorts no complexo Les 3 Vallées, mas continua seguindo os padrões das demais estações: super confortável e ótimo para curtir a neve com a família. Além de ter um SPA super gostoso para quem prefere relaxar um pouco.

Outra opção é o Les Menuires, um paraíso para quem procura emoção nas pistas. Localizado a 1850 m de altura, possui pistas para iniciantes até nível avançado.

O Saint Martin de Belleville por muitos anos foi uma área rural, mas hoje se tornou um resort, e oferece diversar opções de hospedagem: desde hotéis e apartamentos a chalés localizados no meio da neve, ótimos para quem procura maior privacidade. Ele fica um pouco mais longe do que os outros, mas nada que um teleférico não conecte rapidinho!

Ao contrário, o Orelle é o mais próximo do complexo, e encanta pela a sua arquitetura: é todo feito de madeira e pedras. É uma pequena vila, portanto, você tem atividades diferenciadas, como visitar uma fazenda e ouvir as lendas da região, um programa diferente e legal!

esqui-na-europa

E por último, Val Thorens o resort com a maior altitude da Europa, localizado a 2300 metros de altitude, A sua vila abriga sports centers, shopping, 40 bares e 60 restaurantes, além da maior balada dos Alpes, ou seja, se você procura a badalação e gente, este é o melhor lugar do complexo!

Se você quiser fazer uma viagem ainda mais econômica, uma dica é escolher cidades próximas nas quais o preço é menos inflacionado. Em Méribel, por exemplo, é possível gastar menos e aproveitar tanto quanto nos outros destinos. A melhor parte de haverem tantos resorts no mesmo complexo, é que você pode escolher de acordo com o seu bolso e estilo!

Dolomiti Super Ski

Imagina ter apenas uma entrada para 12 regiões e 1220 km de pista: é assim o complexo localizado nas Dolomitas na Itália, o Dolomiti Super Ski, um sonho para quem ama neve e ama esquiar.

esqui-na-europa

A região mais badalada é a Cortina d’Ampezzo, que oferece de tudo um pouco mesmo sendo pequena (ela tem só 5 mil habitantes). Por ter sido sede das Olimpíadas de inverno de 1956, a cidade tem uma boa infraestrutura, com ótimos restaurantes, bares e hotéis. É o destino preferido da elite italiana, por isso os preços são mais elevados do que outros lugares, porém, a linda paisagem vale a pena. A região fica localizada entre os montes e penhascos, cercada de uma natureza fabulosa.

A Plan de Corones, ou Kronplatz, é a região que oferece uma plataforma espetacular, que permite ter uma visão de 360 graus das Dolomitas e dos Alpes. Uma boa pedida para quem ama tirar fotos lindas.

Alta Badia, é conhecida por exuberar cultura italiana, desde os restaurantes até as lojinhas locais é tudo muito especial. Por lá você encontra uma ótima balada after ski.

As regiões de Val di Fassa e Carezza também são ótimas opções. A primeira por ser conhecida como dona de uma receita simples para uma boa viagem: lazer, culinária e conforto. A segunda, por ter neve constante.

A região de San Martino di Castrozza/Passo Rolle- Ela está localizada em um lugar único: no extremo sul do complexo, que é mais quente e com dias mais ensolarados.

Arabba e Marmolada são ótimos resorts para quem quer esquiar o tempo todo. Afinal, ficam no ponto mais alto de toda a região e ao lado da melhor montanha para conhecer por lá e uma das pistas mais longas, com quase 5km e mais de 1000m de desnível

Obereggen e Val di Fiemme também são excelentes escolhas para quem quer curtir experiências inusitadas como night skiing.

Para quem escolhe pelo o ambiente, a região de Valle Isarco é perfeita para família: encostas bem cuidadas, alpes deslumbrantes e panorâmicos, esqui para iniciantes e experts, freestyle e crianças. Assim como Civetta, que possui 2 snowparks e diversas atividades para todas as idades, Tre Valli, é ótima para viagens com amigos, por possuir pistas bem boas e de quebra, ótimos after ski, bares e baladas.

esqui-na-europa

Entre Val Gardena e Alpe di Siusi, a nossa sugestão fica por conta de Selva di Val Gardena, nosso lugar preferido nas Dolomitas. Com um pouco mais de 2 mil habitantes, a cidadezinha é apaixonante, desde sua culinária até a hospedagem, e é claro, o esqui. A paisagem é um bônus para uma viagem inesquecível!

Para curtir o inverno Europeu, o que não vão faltar são opções. E nós podemos te ajudar com a viagem com roteiros personalizados, para ela sair do jeito que você merece: incrível!

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem