GO UP
dicas de doha

Dicas de Doha – O destino da próxima Copa do Mundo

Esse destino “das arábias”, sede da próxima Copa, convida a uma viagem em grande estilo pelo mundo islâmico, incluindo hotéis de arquitetura colossal e passeio de jipe no deserto  

O Qatar sediará a próxima Copa do Mundo, em 2022. Como todo brasileiro apaixonado por futebol, nos antecipamos e fomos lá conhecer este pequeno país árabe de aproximadamente 3 milhões de habitantes. Doha é capital e concentra o maior número de pessoas. O mais curioso é que, em 2013, a população estimada do país era de 1,9 milhões de habitantes, dos quais apenas 250 mil são nativos catarianos. Ou seja, o Qtar vem crescendo muito!

Banhado pelo Golfo Pérsico, o Qatar faz fronteira com a Arábia Saudita ao sul. Seu tamanho geográfico não condiz com a enorme riqueza que o país detêm. Desde a independência da Inglaterra, em 1971, tornou-se um dos estados mais ricos da região, devido às receitas oriundas do petróleo e do gás natural (o Qatar possui a terceira maior reserva mundial de gás).

A paisagem é desértica e bela. Afinal, a maior parte do país é composta por uma planície árida baixa e coberta de areia. O calor prevalece o ano todo, sobretudo em junho, julho e agosto. Justamente por conta das altas temperaturas, a Copa do Mundo, desta vez, será em novembro, quando os termômetros ficam entre 20 30 graus.

Hoje, com a Qatar Airways voando pelo mundo inteiro e oferecendo conexões no Qatar, você nem precisa esperar pela Copa do Mundo para dar uma parada na capital, Doha. Programe-se!

Onde ficar em Doha:

St Regis – Para uma estadia “das arábias”, indicamos o grandioso St.Regis, de frente para o mar e onde fica o excelente restaurante Hakkassan, de cozinha cantonesa. A arquitetura colossal inclui uma piscina imensa que é o cartão-postal do hotel, além da praia privativa. As suítes espaçosas e modernas do St. Regis Doha têm amenidades Remède, banheira de  princesa e chuveiro com efeito de chuva. A estrutura é mega: são 10 restaurantes, incluindo 2 do famoso chef Gordon Ramsay. O bom é que o Regis Doha fica situado a menos de 2 km do centro de exposições do Qatar e a menos de 5 km das ilhas artificiais de The Pearl-Qatar, uma das atrações locais.

W Hotel – Mais central e onde fica o restaurante italiano La Spiga (dos mesmos donos do Paper Moon em Milão e o Spice Market. Localizado a apenas 200 metros do Corniche Promenade, o hotel do selo Marriott têm suítes elegantes e amplas, com todas as comodidades tecnológicas e banheira de hidromassagem. O cenário azul da piscina, no alto do prédio, é um dos mais impressionantes. Vale tomar um coquetel no Crystal Lounge curtindo a vista. Além disso, o W Hotel oferece massagens e tratamentos de saúde especializados no Bliss Spa, piscinas pequenas e saunas seca e a vapor.

O que fazer em Doha:

Museu Islâmico – Com arquitetura impressionante, o Museu de Arte Islâmica é um programa e tanto. Caminhando pela Corniche de Doha, não há quem não fique boquiaberto com o edifício do museu e sua mescla de arquitetura moderna e a tradicional islâmica, que mistura formas retas e traços geométricos. Antes de colocar o desenho no papel, o arquiteto I.M. Pei (o mesmo que desenhou a pirâmide do Louvre), viajou por mais de seis meses por todo o islâmico pesquisando sobre a arquitetura. Lá dentro, uma aula de arte e de beleza.

Passeio pelo deserto – O safari é um programa comum em Doha. O jipe leva a um passeio divertido e inesquecível no deserto, que só perde para o de Dubai. A paisagem árida que rende belas fotos, especialmente ao pôr-do-sol.

Caminhar pelo Souk – O tradicional mercado reúne várias lojinhas, comércio e restaurantes. Vale guardar uma manhã ou uma tarde para bater pernas no Souk e comprar mil cosinhas, lembranças etc.

Ainda sobre a Copa do Mundo, os estádios ainda estão sendo construídos e a previsão é que fiquem prontos até 2020 (dois anos antes da Copa). Para os amantes de futebol, será um prato cheio! Conhecer o Qatar e participar deste evento que movimento o mundo todo. Conte com as dicas Original Miles para organizar a sua viagem!

Formada em Relações Públicas e Comunicação de Empresa pela IULM, em Milão e DJ nas horas vagas. Apaixonada por viagem, corrida, música, gastronomia e vinhos. Acredita que o maior aprendizado é a vivência e a experiência, por isso gosta de se aventurar pelo mundo e ajudar clientes e amigos a curtir ao máximo suas viagens.