GO UP

Comida Coreana – A primeira vez a gente nunca esquece

Antigamente tinha poucos amigos interessados pela comida coreana. Exceto aqueles que tinham uma certa afinidade com a Ásia ou eram da área de gastronomia mesmo. Mas acredito que com a globalização e recentemente com a popularização da comida japonesa (pelo menos nas principais cidades do Brasil), a culinária oriental vem ganhando espaço.

Consequentemente sinto que o interesse/curiosidade em torno de comidas coreanas também cresceu bastante! E para você que nunca comeu, vou te dar nesse post dicas úteis e básicas do que esperar de uma restaurante coreano e pratos de nível 1* para comer.

*nível 1: apelidei juntamente com alguns amigos. São comidas com maior aceitação para o paladar brasileiro. Nada “hard core” e muito diferente para comer logo no primeiro dia!

ROUPA:

Tenha em mente que é alta a probabilidade de que você saia “defumado” do restaurante. Isso porque, muitas vezes a carne é feita na mesa pelos próprios clientes em um fogãozinho portátil ou embutido na mesa. Então caso você pense em ir para algum lugar depois do restaurante, como uma festa, sugiro que você leve uma roupa extra!

comida coreana-6

CALÇADOS:

Em alguns restaurantes existe a opção de você se sentar naquelas mesinhas de chão. Então prepara-se para a possibilidade de ter que tirar seus calçados e vá com meias bonitinhas.

comida coreana-9

TALHERES: colher e pauzinhos

São basicamente esses os talheres. Exceto quando se come alguns tipos de carne, como costela de boi. Aí também são disponibilizados garfo e faca. Mas não se sinta envergonhado. Caso você não saiba usar os pauzinhos, não há problemas em pedir um garfo.

*obs: os talheres podem ser feitos de diversos materiais, como metal, madeira, plástico entre outros (e o nível de dificuldade varia entre eles).

comida coreana-5

BEBIDAS: Existem diversas bebidas alcoólicas para experimentar.

Na verdade, mais que isso, existem certas bebidas que podem harmonizar com alguns pratos específicos, deixando a comida ainda mais gostosa. Mas todas essas dicas de harmonização acho que merecem um post inteiro! Então minha sugestão seria seguir mesmo com uma cervejinha ou soju!

comida coreana-10

SOJU (bebida alcoólica): 

Soju é uma bebida destilada feita tradicionalmente a partir de arroz (existem também feitas de cevada e batata-doce) com o índice alcoólico normalmente entre 15%-20%, mas podendo chegar em até 45%.

Quanto ao gosto, alguns dizem que é bastante forte lembrando vodka. Já outros dizem é uma bebida mais adocicada, suave. O soju é servido em copinhos de shot, o que quer dizer que, sim, você deve(ria) beber em shots.

*obs: também é possível misturar soju com outras bebidas, como cerveja (somek)

 

COMIDA:

A comida coreana é conhecida por ser bastante apimentada. Claro que não são todas, mas cuidado! Mesmo aquelas que parecem não ser, poderão fazer você soltar fogo! Aqui embaixo detalho algumas comidas de nível 1, que você poderá pedir a primeira vez que estiver em um restaurante!

comida coreana-4

ARROZ:

O arroz normalmente vem em um potinho de metal (cuidado, é quente) e é do mesmo estilo “japonês”, grudadinho e sem tempero. Ele acompanha os pratos que são pedidos, mas caso você queria um extra também pode pedir por mais um!

comida coreana-2

ENTRADAS (BANTCHAN):

Independente do que você peça, sempre te darão entradinhas! Elas são “gratuitas”, teoricamente, mas já estão inclusas com um prato principal, e são infinitas podendo ser pedidas mil vezes*.

As entradinhas variam muito de restaurante para restaurante. Geralmente são combinações de legumes refogados, batatas, ovos cozidos, e às vezes alguma proteína (peixe, caranguejo cru).

*obs: existem algumas raras situações em que as entradas são limitadas. Ou seja, vem apenas um “set” por prato que você pede. E, pode acontecer também, em casos ainda mais extremos de restaurantes cobrarem por cada entrada (pessoalmente só conheço um restaurante coreano assim, que fica em londres. Afinal, em Londres até o ar é caro).

*obs2:  obviamente não pode ser sem noção com a questão das entradinhas. Não vá com um grupo de 5 pessoas, pedir só 1 prato e pedir para repetir mil entradinhas, é deselegante (via Sandra Annenberg)

comida coreana-11

KIMTCHI:

Falando das entradinhas, não posso deixar de dar destaque ao kimtchi! Não falta de jeito nenhum nas refeições dos coreanos, sejam pratos com arroz ou macarrão! E para os “gringos” é conhecido por ter o cheiro super peculiar e ser ardido. Considerado como um dos alimentos mais saudáveis do mundo, kimtchi são vegetais fermentados (normalmente acelga) juntamente com alho, sal, vinagre, pimenta e uma variedade de temperos.

Por ser ardido para pessoas que não estão acostumadas a comer coisas apimentadas, quando for experimentar coma junto com um pedaço de carne e arroz!

comida coreana-12

CARNE DE VACA (BULGOGUI):

O “churrasquinho” coreano é bem famoso mundo afora!

O QUE É:

Seu significado literal é (bul) fogo // (gogui) carne ou carne em chamas.

O bulgogui é um prato de carne bovina (fatias contra filé) temperados com molho de soja, açúcar, óleo de gergelim, alhos entre outros. Por ter um toque de açúcar tem um sabor levemente adocicado! Pode ser temperado também com cebolinha, cebola, cogumelo e cenoura.

O QUE ACOMPANHA:

O prato normalmente acompanha folhas de alface, perilla (gente, nunca ouvi esse nome em português, mas confirmei no google), alho cru e ssamjang – uma pasta grossa com gosto levemente adocicado, salgado e ardido ao mesmo tempo. Feito predominantemente de “doenjan”, pasta de soja fermentada, parecido com o missô japonês.

COMO COZINHÁ-LO:

Depende muito do restaurante, mas são basicamente 3 formas de cozinhar:

  1. Ele já é feito na cozinha, então vem pronto em um prato ou uma chapinha quente (igual à primeira foto).
  2. Você mesmo faz à mesa. A carne vem crua e em um fogãozinho à gás embutido na mesa ou portátil você faz a sua carne!comida coreana-13
  3. Também feito pelo cliente, mas tem um caldinho ao redor da chapa.comida coreana-1
  4. Nesse caso também feito pelo cliente, mas ao invés de uma chapa é uma grelha e com pedacinhos de carvão embaixo. Sim, é possível comer assim no restaurante e é uma delícia, mas lembra a parte que falamos de sair defumado do restaurante?!comida coreana-7

COMO COMER:

Você pode fazer “trouxinhas” (ssam) de alface/perilla.comida coreana-14

  1. Peque a sua folha de preferência (ou pode ser as duas juntas)
  2. Coloque arroz (muitos me criticam, dizem que quem coloca arroz é criança, mas fica mais gostoso para mim)
  3. Coloque a carne
  4. Coloque o ssamjang
  5. (OPICIONAL) colocar um pedação de alho cru. Eu pessoalmente não gosto, acho o gosto muito forte!

 

*Dica: Na verdade, você pode colocar na trouxinha várias coisas e inventar sua própria variação. Por exemplo tem gente que coloca kimtchi. (Acima descrevi a forma mais tradicional).

*Dica2: caso você esteja em um restaurante que tenha a opção número 3 de bulgogui, sugiro que quando a carne estiver pronta, você coloque um pouco do caldinho que fica ao redor da chapa no arroz! Fica uma delícia J  ps: não dá para usar esse arroz molhadinho para fazer as trouxinhas.

comida coreana-15

BIBIMPAB:

O QUE É:

Traduzindo ao pé da letra é “arroz misturado”, mix de arroz.

É basicamente um “risoto” de arroz com diversos legumes + carne + ovo (geralmente meio cru). Existem duas versões:

  1. Dentro de um bowl comum
  2. Dentro de um bowl de pedra quente (cuidado!): DOLSO (panela de pedra)

 

O QUE ACOMPANHA:

Gochujang – um molho espesso também feito de soja fermentada, mas apimentando – CUIDADO !

COMO PREPARÁ-LO/COMÊ-LO:

Coloque um pouco de gochujang e misture tudo!

Não se preocupe com o ovo meio cru. Com a temperatura dos outros alimentos ele será cozido.

*Dica: caso você tenha pedido o dolso bibimpab (é o meu favorito <3) espere 1, 2 minutinhos para misturar. Isso porque o arroz que está na parte de baixo do bowl de pedra irá dar uma queimadinha de leve deixando o arroz crocante (nurungji) para você comer no final!

*OBS: esse prato seria uma boa opção para vegetarianos! Peça que venha sem carne <3

SOBREMESA :

comida coreana-3

Os restaurantes coreanos no brasil costumam dar dois tipos de sobremesa (gratuitas).

– frutas (pedaços de melancias ou laranjas)

– chazinho gelado, sujeongwa: chá feito de caqui seco, canela, gengibre e pinha. Ele tem um gosto adocicado, meio frutoso.

 

Referência imagens:

  • naver.com
  • google images
  • sam_souschef
  • daumblog
  • ipoehcho pic

“Acredito que minha maior ‘sorte/azar’ é ter nascido em uma família oriental em um país ocidental. Enquanto meus familiares são muitas vezes realistas e objetivos, meus amigos brasileiros - com aquele jeitinho - me permitem sonhar”. Paulista, filha de imigrantes coreanos do sul, depois de 28 anos ainda tenta conciliar as duas culturas em sua personalidade. Considerada gringa até mesmo no Rio de Janeiro, encara com naturalidade viajar para onde é que for e explicar que é uma ‘korean-brazilian’ que não sabe sambar, mas que se arrisca no futebol. Depois de passar uma temporada nos EUA, se aventurou na Ásia e agora planeja sua próxima viagem. Além do interesse pelo exterior, considera o Brasil um ‘mundo à parte’ que não pode deixar de ser explorado.

Leave a Reply