Home » À procura do melhor brunch, ou melhor dizendo, sunday roast

À procura do melhor brunch, ou melhor dizendo, sunday roast

Inglaterra | dezembro 2015 |

Se tem uma coisa que sinto uma falta enorme enquanto estou fora de casa é um bom pãozinho de queijo. Ai como eu quero. Lá estou eu delirando e babando com o quentinho saindo do forno lambuzado de requeijão quando recebo mil notificações do Whatsapp para me apressar e ir encontrar amigos para um brunch, ou melhor, sunday roast, como a tradição é conhecida aqui.

E assim, morrendo de fome, com meu salgadinho brasileiro favorito ainda em mente, começa minha saga à procura dos melhores brunches em Londres, ou ao menos algumas guloseimas que me façam esquecer a saudade.

De sábados, o café/almoço/chá da tarde tudo-junto-e-misturado leva o nome americano mesmo, já aos domingos, ele passa a ser uma especialidade britânica, chamado de sunday roast, fazendo referência ao assado especial do dia. Mas, independente do nome, a tradição de fim de semana é tão arraigada na cultura que é quase impossível achar um menu próprio de almoço aos domingos. Além disso, espere ver vários hambúrgueres trufados e lobster rolls circulando pelas mesas já lá pelas 10h30 da manhã, quando o menu de café passa a incluir pratos típicos da refeição como panquecas, saladinhas, ovos à la todos os estilos, smoothies, grelhados (ou os famosos roasts), macarrão e, claro, drinks como bellinis e mimosas.

Em meio a tantas opções, fica difícil falar sobre todos os brunches da cidade (afinal, eles estão em toda esquina) e muito mais eleger o melhor, então aqui vão algumas sugestões de lugares bacaninhas e gostosos para tomar uma champagne acompanhado de eggs florentine ou uma salada de quinoa.

NAC

Acredito que, por ter uma playlist repleta de bossa nova, o NAC como é chamado (curto para North Audley Cantine), é o meu favorito da lista. Além do ambiente descontraído e bem localizado (Mayfair), onde o cafezinho vem servido em copinhos de shot de vidro industrial, o pão em sacolas de papel listradinhas e os pratos todos aleatórios. O menu, que se diz francês mas está mais para contemporâneo mesmo, tem uma das melhores panquecas com doce de leite que eu já comi (é um stack, bem americano, mas de comer de joelhos). Isso sem falar da salada de quinoa, o salmão grelhado, o mac’n’cheese e o cheeseburger trufado, entre outros pratos, todos simplesmente deliciosos.

Serviços
NAC
End: 41 North Audley Street
Tel: 020 7493 3443

Berners Tavern

berners_tavern_by_original_miles

Para um brunch tradicional mas descolado, o Berner’s Tavern, localizado no The Edition Hotel, em Fitzrovia, é queridinho dos fashionistas e dos foodies, tanto pelo salão rococó cool com seus vários quadros e lustres de cristais, quanto pelas criações do célebre chef Jason Atherton. O menu extenso traz criações relativamente simples a mesa, mas que não deixam de impressionar.

Pedi ovos pochês esperando um prato que me tirasse o fôlego na produção, mas, ao contrário do que imaginava, me aparecem duas bolinhas brancas em cima de uma única só torrada. Apesar da simplicidade, estavam um espetáculo, uma das melhores gemas que já provei (e isso que minha dieta é praticamente um ovo por dia!). Simples e bem feito, num lugar assim, precisa de mais? Para começar, aposte no breakfast glory, pois ele cumpre o que promete: iogurte de baunilha caseiro com “seeds” e granola (também caseira) e frutas vermelhas. Um super boost alegre, com gostinho de fim de semana!

Ah e claro, as panquecas com frutas e maple syrup assim como os waffles são do tamanho ideal, e de um flufiness inigualável. A experiência gastronômica e igualmente visual vale cada centavo.

Serviços:
Berners Tavern
End: THE LONDON EDITION 10 BERNERS STREET LONDON W1T 3NP
Tel: +44 (0)20 7908 7979

Modern Pantry

Escondido numa charmosa rua sem saída, num dos bairros emergentes e “cool” de East London, fica o Modern Pantry, empreitada da chef Anna Hansen. O restaurante, ou melhor, o Pantry (despensa), é composto por 4 ambientes diferentes. O café, no primeiro andar, serve café da manhã, almoço e jantar todos os dias além de um all day menu num espaço casual e descontraído. As duas salas de restaurante no primeiro andar, com decór branco e super iluminado (até parece um pouco o Maní), tem o mesmo esquema de menu, e claro, o brunch é a estrela aqui! No último andar fica o Foundry Room, uma espécie de chefs table, que conta com uma exposição permanente das obras da artista Kate Boxer. E por fim, nos fundos da casa, a “despensa” do restaurante: lojinha de take-away servindo várias guloseimas, de saladinhas e pães à bolos e chá da tarde.

O menu, com criações elaboradas e cheio de referencias exóticas, como Eggs Benedict coberto de duqqah (um tipo de “farofa” egípcia composta por ervas, nozes e condimentos) de macadâmia e avelã, ou a omelete de camarão e chorizo, faz do brunch a refeição mais inusitada! Assim como todo o resto, as sobremesas não são exceção para criatividade. Arrisque no sorvete de alcaravia, menta e chocolate chip, ou na mistura de lichia, coco e baunilha. Melhor ainda, peça uma bola de todos! Mas, se você for como eu e tiver aquela afinidade louca com chocolate, peça o brownie, reinventado semanalmente, ora com sorvete de malte, puree de castanha e pipoca caramelizada ora com sorvete de baunilha, blueberries, e crumble.

Se você não conseguir lugar no de Clerkenwell, tente o irmão mais novo, em Finsbury Square, aberto há poucas semanas. Dizem que o bar de lá faz jus ao happy hour!

Serviços:
The Modern Pantry
End: 47-48 St John’s Square, Clerkenwell, London, EC1V 4JJ
Tel: 020 7553 9210

Em meio a tantos egg’s Benedict, panquecas, scones, e chás ingleses, acho que vou abrir um brunch brasileiro aqui. Afinal, um “cheese bread” cairia super bem com a temática, assim como um bolinho de fubá… um Romeu e Julieta… um suco de melancia.. um pão na chapa…

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem