Home » Aquecimento! Copa na Rússia em Nova York

Aquecimento! Copa na Rússia em Nova York

Estados Unidos | abril 2018 |
comida russa

2018 é ano de Copa e na Rússia! NY pode te deixar altamente familiarizado com a culinária de lá e, de quebra, além de Kandinsky, nomes de outros artistas russos

Não só de caviar e vodka que os russos deveriam ser lembrados. Há uma extensa variedade de proteínas animais, com distintos peixes, vitela, cordeiro e as sobremesas; além de cremosas, são de comer de joelho. Conheça alguns restaurantes que oferecem comida russa em NY.

Aberto em 2009 e situado na região de Flatiron, o restaurante Mari Vanna engloba todas essas características, fora a charmosa e florida fachada. O ambiente é ao estilo tradicional, com chandeliers de cristal, talheres de prata e guardanapo de linho, mas tem um ar “modernete” com assinaturas randômicas no papel de parede e destino certo para jantares animados. A começar pela extensa lista de drinks e vodcas, dos mais diversos tipos, criadas artesanalmente. De entrada, os peixes defumados com pequenas panquequinhas e/ou o dumpling de vitela; tendenciosa para a segunda opção. Para o prato principal, o black cod é super saboroso, embora não seja um prato grande, mas se a fome falar mais alto, peça o strogonoff de carne, que acompanha cogumelos e um arroz multigrãos – muito bom. Os pratos só ‘perdem’ para as sobremesas, destaque para o Napoleon uma espécie de mil-folhas, cremoso, incrivelmente leve e sem ser muito doce. Caso seja seu aniversário os garçons trazem a sobremesa cantando uma música típica russa, você deve, inclusive, ouvi-la algumas vezes ao decorrer da noite.

Sempre que vou ao Mari Vanna nunca me arrependo, pelo contrário, é um dos poucos que tenho vontade de voltar com alguma frequência e provar coisas novas (misturadas com pedidos frequentes). Vale lembrar que além de sua unidade na big apple, ele também está em Moscow, Londres e Washington. Ele tem brunch de domingo e é famoso pelas animadas segundas-feiras de noite.

Para uma opção mais refina, o The Russian Tea Room, em Uptown, bem próximo ao Central Park, é sua pedida. Um de seus pratos mais famosos é o Boeuf À La Stroganoff, uma costela assada com vinho tinto e um macarrão caseiro de molho de cogumelos cremoso e trufas negras. O restaurante já foi palco do seriado Gossip Girl quem lembra – e mais recentemente de um shooting do Man Repeller com a Dior, sobre a feminilidade.

Por fim, uma opção nada óbvia, para brunch, Tatiana, em Coney Island; última parada de metro, ao sul do Brooklyn. É um restaurante ucraniano que tem pratos russos, essa foi uma recomendação de uma amiga russa, jovem, nascida em Moscow, mora em New York há mais 5 anos,  e, que de quebra, trabalha na Stolichnaya (ótima marca de vodka e russa).

Para pesquisa/leitura:

Essa exposição infelizmente já foi, mas vale seu conteúdo – os quadros do Malevich são ainda mais bonitos ao vivo.

https://www.royalacademy.org.uk/exhibition/revolution-russian-art

 só para você tem o link além do hyperlink

https://www.manrepeller.com/2017/03/what-does-femininity-mean.html

 

Entre em Contato

Ligue para +55 11 3287 6886 ou deixe sua mensagem