GO UP

3 estrelas – Restaurantes Michelin na Itália

Um restaurante dentro de um hotel nas Dolomitas e o três estrelas de Nadia Santini, que já foi eleita a melhor chef mulher do mundo, estão entre as sugestões

Conheça mais 3 restaurantes Michelin na Itália

ST.HUBERTUS ROSA ALPINA, SAN CASSIANO (BZ)

Dentro do hotel Rosa Alpina, em San Cassiano, uma pequena e charmosa vila situada nas Dolomitas de Alta Badia, o St.Hubertus é um daqueles restaurantes para adicionar na listinha dos lugares para visitar antes de morrer. O chef Norbert Niederkofler nasceu no sul do Tirol, onde, depois de várias experiências internacionais, voltou para dirigir o restaurante. Nos últimos anos, sua culinária tornou-se cada vez mais sazonal e local, o que torna tudo mais interessante. Em um ambiente clássico impecável, você pode comer o melhor fondue da sua vida –tem as opções salgadas, de carne tenra, ou os doces, com frutas e chocolate. O restaurante faz uso do fogão a lenha, tanto para as pizzas quanto para os cozidos que, lentamente, convidam a uma experiência gastronômica slow motion. O bar do hotel também é uma delícia para esticar depois do jantar, com atmosfera aconchegante e boa música.

DEL PESCATORE, CANNETO SULL’OGLIO (MN)

Localizado na reserva natural do Oglio Sud Park (aldeia de 36 habitantes!), em uma elegante casa de campo,  Del Pescatore tem as salas de jantar rodeadas por jardins verdes e floridos.  No verão, há um serviço de restaurante ao ar livre na varanda, ao lado do jardim, onde você pode passar momentos inesquecíveis.  A cozinha é por conta de Nadia e Giovanni Santini, com pratos clássicos e autorais –fruto de muita pesquisa. Antonio e Nadia partiram da tradição familiar para construir seu ambiente gastronômico singular.

Os pratos passam pelo modo de cozinhar da mãe de Antonio para chegar à sensibilidade de sua esposa, Nadia. Quase sempre as fórmulas ganham adaptações contemporâneas: o ravioli de abóbora vem temperado com menos manteiga e menos queijo parmesão, a fim de aproveitar o melhor de todos os elementos que compõem o prato e respeitar os sabores, por exemplo. “Na composição de um prato no Pescatore, procuramos respeitar o primeiro produto e o simples sabor dos ingredientes”, é a filosofia que move este três estrelas. Não por acaso, Nadia Santini foi eleita a melhor chef mulher do mundo em 2013, a única mulher com uma estrela no top 100 Le Chef. Seu trabalho no Pescatore se destaca há 29 anos –e desde 1996 detém as três estrelas Michelin.

Formada em Relações Públicas e Comunicação de Empresa pela IULM, em Milão e DJ nas horas vagas. Apaixonada por viagem, corrida, música, gastronomia e vinhos. Acredita que o maior aprendizado é a vivência e a experiência, por isso gosta de se aventurar pelo mundo e ajudar clientes e amigos a curtir ao máximo suas viagens.

Leave a Reply